Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Câmara de Caminha vai atribuir um subsídio de 10 mil euros à Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho. A decisão foi tomada pela maioria socialista na reunião de ontem do executivo. A atribuição destes 10 mil euros é justificada com um protocolo de desenvolvimento cultural a estabelecer entre a Câmara de Caminha e a Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho.

 

Segundo avança fonte da Câmara,  através deste protocolo, a a autarquia e a Krisálida pretendem prosseguir  “objectivos estratégicos de cooperação cultural”. São eles: desenvolvimento do gosto pelo teatro; estimulação precoce das crianças e jovens para esta arte do espectáculo; formação e diversidade dos públicos e democratização de acesso à fruição teatral e afirmação nacional e internacional de Caminha enquanto centro criador e difusor de cultura.

 

A atribuição destes 10 mil euros a uma associação criada há apenas três meses e sobre a qual não é conhecida actividade mereceu as críticas e os votos contra dos três vereadores eleitos pelo PSD.

 

A Krisálida, liderada por Carla da Assunção Silva Magalhães,  tem sede em Caminha desde o mês de Outubro, mas ainda não é conhecida da população do concelho. Não é, sequer, encontrada qualquer página da associação na internet.

 

Texto do JornalC

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43


29 comentários

De Lili a 22.02.2015 às 00:28

Então é o dinheirinho que o Rui Teixeira mete na mão da Cepa todos os meses para pagar o site fantasma? É que se a coisa existe não se vê. O PSD não marra cós gajos? Porque será? Será porque o casalejo se encontra em Viana, no café perto da casa da gaja? De que falarão os dois pombinhos? É porque é que todos fazem vista grossa? É muito teatro pro meu gosto.

De Venture a 21.02.2015 às 20:08

É incrível como o nosso concelho se tornou num território de intriga e suspeitas de tudo e todos. Os 12 anos de compadrio do PPDS deixaram tudo malsinado. Até quando este clima, em que quem pior fez, quem mais compadrios gerou, quem só agiu por interesses e amiguinhos, põe agora tudo sob suspeita. Até quando vamos ter de aturar está oposic sem escrúpulos que lança a lama sobre tudo e todos e quer agora vestir a pele do cordeiro.

De Funcionária CMC a 21.02.2015 às 14:18

CA para mim deviam era contratar o pessoal da oposição para fazer teatro. Afinal a Krisalida e toda PPDS - era igual.
Agora estes São novos mas devia-se dar lugar aos velhos. De matrafona a arguida Julia Paula, que ontem. Vi na Net a vomitar mentiras e com fome de arroz - coitada os três mil euros de reforma que levou aos 47 anos não chegam para comer. Era de homem oh Miguel, matar a fome a mulher, que não ganha nem para arranjar as meninas.
A neurótica era a cabala, ressabiada por não chegar a vereadora a tempo inteiro.falo da filha do João Silva, que quer fechar o Continente e mandar os nossos conterrâneos que lá trabalham para o desemprego.
Pergunto e que interesses estão por trás do processo que pôs a Câmara, que eu fui ver a net o escritório do advogado Batalhão e parece o cenário das sombras de Grey. Quem paga, que esconde atrás do João peixeiro e da familoria.
Isso é que era,agora a associação da maluca da Iranete não percebo. O Miguel Alves anda mal informado. Até matava dois coelhos, tínhamos teatro e a oposição tinha mama. Talvez vivêssemos em paz. Assunto a ponderar.
Ah é aquele Taxa, entrava em qualquer papel, podia fazer de morto, em vez de papagaio caquético - um horror isto de transmitirem a Assembleia Municipal - noite de horror e mau gosto.

De Anónimo a 20.02.2015 às 17:16


Não percebo porque exploram a borboleta se tinham a Judiciária. Cheira mal, cheira a esturro.
O PPD anda desbairado. Esta dos processos da PJ que ora são arquivados ora não é bem assim está-lhes a fazer ferver a mioleira.
A historieta de cabo de esquadra está mal contada. Em quem fiar. O Caminha 2000 tem a coisa mais bem contada. A ver se os anónimos que não são ainda dão corda à coisa.
Ora leiam e digam de vossa justiça.
http://www.caminha2000.com/jornal/n720/cmcb.html
http://www.caminha2000.com/jornal/n720/cmcc.html

Ouçam também a entrevista de arguida para arguida na emissora laranjola.
JP - Óh filha eu sai-me melhor que tu, que os meus casos vão ser arquivados.
Cepas -Oh rica se calhar não, mas não dizemos isto quando os pacóvios estiverem a ouvir de microfine aberto. E tu tens de ir pra camara outra vez e pagar a faturinha das três burlas, que o jornal também serve para te limpar.
JP – Queriducha não sejas invejosa, que nós pagamos tudo, já sabes como é.
Cepas - Então vamos lá. A JP é INOCENTE; É UMA VÍTIMA, UMA CAVALA….
JP – Estás um poucochinho lerda, a cavala é a Lili do João, que os peixeiros são eles, eu canto o fado.
Cepas - Pois cavalgaduras, cavalas, é tudo da mesma cepa.

A ver as cenas dos próximos capítulos. Como diria o tacho, isto vai aquecer, ai vai vai……

De Pirimpimpim a 23.02.2015 às 20:00

Não gosto de ver bater nos mais fracos. Deixem o Taxa em paz que não se deve maltratar os doentes. O Alzheimer é evidente. Faz uma triste figura, já nes ausculta os doentes, e só treta. Deviam ter dó e tirá-lo de cena.

De Luci a 24.02.2015 às 11:15

Gosto desta:
DE ARGUIDA PARA ARGUIDA

Se pensarmos que falamos da directora de um jornal e rádio e da antiga presidente da Câmara e agora deputada municipal vemos ao desastre a que isto chegou.

É o chafurdar no chiqueiro.
E nem faltam os porcos, porque disso também se ocuparam.
Miséria

De Anónimo a 20.02.2015 às 14:17

Vem tudo de fora agora. Haja paciência! De onde desencantaram isto agora? Mais uma associação? A fazer o quê, que eu não entendi nada?

De Ermelinda a 20.02.2015 às 13:02

Se eu fosse a SIRA de Âncora e outras coletividades com trabalho feito e que colaboram sempre com a Câmara em tudo que é necessário de graça e a seco. Fazia-lhes um manguito! O que é bom é dar aos amigos! Já deu para perceber!!

De Anacleto a 20.02.2015 às 12:55

Quem é essa Senhora Carla Magalhães, tanto quanto sei é uma senhora de Viana do Castelo que veio dar uma formação numa entidade do concelho e deve ter achado que Caminha é um bom sítio para enganar patos. Não se admite este executivo é uma anedota, com tantas coletividades com história e trabalho feito a passar por dificuldades sérias e vai entregar 10000 euros a um grupo recém criado, sem história local. Claro que andam aqui pagamentos de favores políticos. Cabe aos jornalistas desalinhados do sistema investigarem o que está por trás disto para que os munícipes saibam em quem votaram e para onde vai o dinheiro público.
Já agora desafio o executivo camarário a tornar público o valor que entregou a todas as coletividades do concelho e também com quanto contribuiu para a ajudar a solucionar o problema financeiro da academia de música que forma cerca de 100 jovens do nosso concelho e que faz espetáculos de borla para o concelho.
Não há pachorra para tanta incompetência! Se uns no passado mataram outros no presente esfolam!!

De Anónimo a 20.02.2015 às 11:14

As associações de teatro da região andam há anos a fazer teatro, mas o João Pinto tratou bem de as abafar, porque tinha planos com os amigos! Uma vez mais!! VERGONHA! já anda pessoal de fora a mamar aqui, mais uma! O João Pinto é uma vaca: dá de mamar aos amigos e família!

De José Andrade a 20.02.2015 às 11:09

E com meia dúzia de palavras bonitas e umas cunhas à mistura estas "iluminadas" fizeram o PS bater palminhas! E diz o Miguel Alves que percebe de cultura!.. Palhaços, isso sim, Caminha vai ter mais palhaços, que é o que é preciso!...

De cidadãoatento a 20.02.2015 às 11:02

Mas quem é esta gente, que vem de fora trazer a cultura a Caminha? Mais uma a mamar? Ninguém a quer trabalhar na terra dela, em Viana, e agora, como é amiga do João Pinto já tem tacho aqui?? Ó Miguel é só tiro nos pés!!! Para o lixo que os outros não querem tens tu dinheiro????

De Anónimo a 23.02.2015 às 15:02

Parece que essa tal de Carla Magalhães, presidente da tal associação Krisálida, terá sido Professora na ESE do João Pinto. Às tantas deu -lhe umas cadeiritas de borla. Isto é de gritos e o Miguel em quem os caminhenses confiaram alinha nisto. Ainda não percebi se esta associação vai fazer teatro para as escolas se o que andou a fazer foi a tentar vender teatro às escolas. Não se entende o que anda a fazer a vereadora da Educação.O importante é que 10000 € é muito dinheiro para estas loucuras em tempo de crise.

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D