Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contas da Câmara de Caminha “dão lucro”

por pubicodigital, em 16.04.13

Aparentemente, Júlia Paula surpreendeu tudo e todos ao apresentar contas positivas relativamente a 2012, e com um saldo superior aos dois milhões de euros.

A verdade é que a Câmara não pagou os subsídios de Natal e de férias aos funcionários e a "poupança" ajudou, e muito, a melhorar a prestação financeira. Não seria porém suficiente se o resgate, via PAEL, se tivesse concretizado.

Mas isso não aconteceu e, assim sendo, os mais de cinco milhões de dívidas de água ficaram no papel, guardados na mesma conta de provisões e riscos do ano passado, numa espécie de limbo, que dá pelo nome de "previsões para riscos e encargos". Com as dívidas e mais uns "pozinhos" (dívidas a terceiros médio e longo prazos pouco esclarecidas), o montante inscrito nas "provisões" em 2012 é de quase sete milhões de euros.

Entretanto, depois de muita discussão sobre o pedido de resgate através do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), precisamente para pagar parte do montante de água em dívida, cujo contrato Júlia Paula assinou com o então ministro Miguel Relvas, a 16 de Novembro de 2012, ainda nada aconteceu de concreto e que afecte os resultados.

Os cerca de 2,3 milhões de euros que hão-de engrossar o passivo da Câmara, não chegaram até 31 de Dezembro do ano passado e, segundo Júlia Paula, não chegaram mesmo até hoje. Com o problema do visto do Tribunal de Contas resolvido irão certamente fazer mossa quando se apresentarem os resultados de 2013.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51


17 comentários

De o caminhense a 30.04.2013 às 22:15

Como expectante da pujança do PS fiquei aterrorizado com o comunicado sobre as contas das Câmara! Até um aluno da 4ª classe fazia melhor leitura de um documento de prestação de contas. Assim não vamos lá, não podemos dar tiros nos pés, e este comunicado do PS descredibilizou o próprio PS de Caminha. Uma coisa é ser oposição outra coisa é pensar-se que os cidadãos de Caminha se revêm nos argumentos do comunicado do PS que está no Facebook. Tenham calma e não façam tantas asneiras nem precipitações porque os argumentos utilizados na assembeia municipal, para votar contra, são incompativeis com os argumentos utilizados nas câmaras onde o PS é poder....e é só ver as contas das outras câmaras. Os cidadãos sabem que as contas anuais das câmaras são o somatório dos mapas enviados mensalmente para algumas entidades públicas, por isso o PS não pode propalar que os documentos anuais são fantasiosos. Começo a acreditar que o PS do vosso concelho estava à espera de resultados negativos para poder dizer que em 2012 se gastou mais do que o que se devia, tal como aconteceu no meu concelho, e agora ficou sem rumo....e sem argumentos. Eu acredito que os Caminhenses querem o melhor para o seu municipio, podem é discordar de muita coisa, e isso é um direito e uma motivação que todos devemos ter para exercer a cidadania, mas o entusiasmo, justo e salutar, não deve fazer esquecer o respeito pelos eleitores e pelos votantes que nem sempre gostam que se diga mal por dizer...e mesmo parecendo que gostam de ouvir, ao virar de costas, mandam os mentirosos dar uma volta, ainda que em silêncio, ou em desprezo, porque não há nada pior do que o desprezo. Ha concelhos onde o desprezo tem sido o prémio para os maldizentes e para os malcriados...Caminha pode ser um dos casos. Uma Câmara que apresenta resultados positivos, discorde-se ou não, é salutar. Podemos discordar das restrições, da falta de obras, da falta de apoio social, dos subsidios às colectividades, mas uma coisa é isso outra coisa são os resultados positivos, ou seja, a receita anual maior do que a despesa e isso é sempre de louvar seja quem for que esteja no poder. Os cidadãos gostam que haja elevação e raramente premeiam quem se esquece desses valores de Abril. Interpretem como quizerem.

De Zé Tó a 16.05.2013 às 16:12

Vê-se logo que não és de cá e tentas confundir o essencial (a Câmara de Caminha tem uma enormidade de dívidas, é persecu´toria dos munícipes e não olha a meios para atingir os fins... vale tudo).
Eu sou de cá e, sinceramente, não me interessam os partidos nas autarquias. Quero lá saber do PS dos outros lados!!! Quero é saber do meu concelho que está um caos e cheio de políticos mentirosos, que têm medo da verdade. Se a presidente diz que tem dívidas e que elas estão na obra que deixa (???) como podem os documentos que apresenta para votação dizer o contrário.
Não se faça passar por quem não é: um psd empenhado em fantasiar a realidade, a isso chama-se demagogia barata. O POVO NÃO É BURRO E MERECE RESPEITO.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D