Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma estreia com galo

por pubicodigital, em 25.04.14

Manuel Marques, o antigo presidente da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora, estreou-se esta semana no papel de vereador, na sequência da debandada entre os eleitos do PSD, despoletada pelo abandono de Mário Patrício. Adoptou um tom conciliador e, com as contas de 2013 a "escaldar", escusou-se a falar de números, mas entendeu elogiar algumas práticas do anterior Executivo, e sobretudo o polémico programa "Semear para colher": com surpreendente sinceridade e para espanto dos presentes declarou ter sido também pessoalmente beneficiado pelo programa, de que ainda lhe restam memórias vivas na capoeira: "neste momento ainda tenho lá dois valentes galos", confessou.

 

A espontaneidade de Manuel Marques deu a tónica mais tarde ao vice-presidente, Guilherme Lagido, para dizer que o colega vereador do PSD era o melhor exemplo de um mau programa, que beneficiou quem não devia ter beneficiado, porque Manuel Marques decididamente, não precisava da ajuda da Câmara para povoar a capoeira. Mesmo não considerando a trapalhada que tem vindo a público, sobretudo por causa da multiplicação de suínos ainda por explicar, Guilherme Lagido também condenou a estratégia assistencialista, defendendo um empreendedorismo mais ligado à lógica empresarial, à imagem de "dar a cana" e ensinar a pescar, em vez de fornecer o peixe.

 Recorde-se que Manuel Marques figurava em sétimo lugar na lista do PSD para a Câmara, tendo sido repescado devido às renúncias de Mário Patrício e Pedro Fernandes e, a crer nas palavras do novo vereador, também de Paulo Pereira, senão imediata daqui a um ano. É que Manuel Marques garantiu que não veio para ficar, pois a número seis, Vanda Pego (com o mandato suspenso), assumiria o lugar dentro de um ano.

 

Por enquanto e, na estreia nas novas funções, Manuel Marques dirigiu-se a Miguel Alves e declarou, em jeito de introdução à defesa do "Semear para colher": "não sei se sabe - eu sou agricultor nas minhas horas vagas". Informou depois que participou na elaboração e desenvolvimento do programa e confessou que até lhe custava fazer algumas perguntas a quem procurava o "visto" da Junta para levar para casa sementes, aves de capoeira ou suínos. Manuel Marques não escondeu ter feito "vista grossa" às condições do regulamento e defendeu que esse foi um bom programa, porque permitiu ajudar as pessoas a criar os seus animais - "eu também os criei, e quero dizer que também tenho lá a minha inscrição, porque o regulamento o permitia":

 

De resto, o programa ainda não está fechado e ainda há dias, conforme contámos, motivou acesa discussão na Câmara Municipal, com um fornecedor de Vila Verde a reclamar cerca de 2000 euros, por suínos que entregou em troca de vales, para além do contratado, mas, garante, com autorização de uma funcionária do Município.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11


20 comentários

De merdeiro a 13.05.2014 às 19:46

...e quantos porcos levou o Marquitos para a quinta do Amonde ?

De Leo a 08.05.2014 às 16:06

ATENÇÃO:
Hoje, quinta-feira, dia 8 de maio de 2014, a POLÍCIA JUDICIÁRIA está cá no concelho a investigar os crimes do PSD, nomeadamente PECULATO. Pois, desmintam, ou perguntem à PJ de BRAGA. Está a acontecer. Flamiano e Júlia Paula vão "dançar" o vira aos quadradinhos e não são os únicos, porque muita gente vai prestar contas à Justiça. É HOJE e vai continuar. TARDE É O QUE NUNCA CHEGA.

De Crisóstomo a 07.05.2014 às 22:27

Com toda esta novela, que apenas é a continuidade da do costume, pois o concelho é o mesmo, já ninguém fala no Continente para a Cruz Velha, nem dos credores da CMC que têm encargos e obrigações inclusivamente para com a administração pública?
Será que os vereadores atentos, que se intitulam da oposição, estão a pensar melhor? Parafraseando o Mendes do preço certo, "querem pensar melhor"?
A população consumidora, concorrente comercialmente, residentes e visitantes querem informação.
Não basta noticiar egocentrismos pessoais e políticos.
A população, de repente e com início no episódio inesquecível protagonizado pelo vereador M. Patrício na casa do Orfeão, nunca mais foi bafejada pela mais ténue aragem ou "nortada" do assunto Continente em Vila Praia de Âncora.
O Sr. Intermarché e seus colaboradores esforçaram-se em sua defesa.
Alguns comerciantes locais e seus prestadores fizeram-se notar.
A industria panificadora também esteve presente.
As entidades políticas locais das freguesias ponderam os postos de trabalho, etc.
A informação e o desenvolvimento do processo de informação prévia tornado famoso parou?
Os silêncios, as omissões e as notícias/informação para encher e entreter não tem que ser função da administração, que com muito custo mantemos e queremos crer a "funcionar".

De Manuel Cancela a 09.05.2014 às 07:14

Ó Sampaio, não enganas ninguém. A menina não tem nada que fazer? A esta hora a acessora devia estar a assessorar o seu querido. Um destes dias vou contar mais coisas ai vou vou. depois chora filha.

De Lopes a 01.05.2014 às 23:02

Não percam a prosa graxista e manteigueira do senhor Diamantino Bartolo no caminha@2000 a propósito da festa socialista do dia 25 de abril na Quinta do Cruzeiro. Um sujeito que foi banido pelos seus concidadãos nas ultimas eleições porque traiu os socialista no tempo da presidente Julia Paula Costa, está agora de serviço como escriba mor da nova elite concelhia. Só pode ser à procura de tacho que ele anda para dourar os acontecimentos de forma tão obliqua.
Esqueceu-se de referir que esteve um numero de convivas abaixo do esperado e que se notou a falta de muitos dos que andaram sempre com o Miguel Alves.
Tambem escusava de dizer que o grande estratega da campanha do atual presidente era o João Pinto. Fica-lhe bem a manteiga mas não é verdade. O verdadeiro estratega foi mesmo o Miguel Alves e a vitoria cabe-lhe por inteiro.
Há gajos que não tem vergonha nenhuma na cara.

De Red Baron a 05.05.2014 às 14:06

Esse tipo está completamente marado da cabeça. Agora publicou no caminha2000 um auto elogio sem pés nem cabeça. Ainda o iremos ver com um cartaz colado às costas a dizer Eu sou o maior.

De Arménio a 06.05.2014 às 15:35

A culpa pode não ser do articulista mas sim da gestor do pasquim digital que só publica o que é favorável à Câmara e ao PS. Podia não dar tanto nas vistas. Neste momento o Caminha2000 está para a câmara atual como o Caminhense estava para o anterior executivo. É por essas e por outras que não temos jornalistas nem jornais locais de qualidade e isenção na prática jornalística. Claro que tudo isso se compreende com as afinidades familiares, empregos, financiamentos...
Faria um melhor favor à população se não se dedica-se à coscuvelhice e fizesse informação de qualidade para o esclarecimento da população.

De Etelvina a 28.04.2014 às 21:17

É tudo caldo da mesma panela - inventaram o programa para se governarem à nossa custa, quer na própria casa quer para comprar "almas" na campanha eleitoral - pelo menos a segunda saiu-lhes mal, mas o crime compensa.

De CM a 29.04.2014 às 18:00

O gabinete de propaganda do sr. Miguel Alves anda a inventar noticias para os jornais para desviara as atensões da baldaria que é a sua jestao na camara pois as meninas não sabem mais que fazer, tudo mete nojo. quanto ganha estas meninas preto no branco. A final a unidade dos queimados continua a funcionar e andam todos descontentes os que apoiaram mesmo o sr. migeul. Quem deve estar a rir é a Julia Paula mais o seu João. lol lol lol

De C.P. a 01.05.2014 às 22:53

A Júlia Paula de facto so tem razoes para estar contente. Na semana passada a PJ voltou a carga desta vez por causa das trafulhices do Ruizinho no lar. Foi interrogado ele, o da farmácia, etc. Tudo bons rapazes e raparigas. Esperem so mais umbocadinho, que a festa esta mesmo a chegar. Vai ser rir a gargalhada com a comandita toda no banco dos réus. Lol

De Lúcia a 01.05.2014 às 23:33

Por falar em rir, o Isaltino Morais ainda esta na choca não esta?
Pois , ele era um gajo poderoso noPPD não era? E demorou 11anos a fugir a cadeia não foi? pois, pois
Quanto ao triste do Marques e ficar a espera do desmentido ou da ata da reunião da Câmara onde o tolofoi confessar os pecadilhos.
Ou então o Miguel Alves podia transmitir também as reuniões para a gente se rir. A da Assembleia foi um musa - quem será a jornalista que se esqueceu da saia em casa e so foi vestida de cinto? Hi, hi, hi que os deputados estavam divertidos com o teatro. Mas o melhor segundo me disseram foi quando a tipa caiu da cadeira e nem o "cinto" se salvou. Estou a espera de ver a peca. Alguém gravou a transmissão da Assembleia Municipal. Era a tipa do cinto as riscas.
Este concelho e uma anedota. Ela devia querer ver se a amiga era corrida do teatro como na tomada de posse. Afinal o espetaculo foi quase para maiores de 18. Lol

De Liliana a 02.05.2014 às 21:33

Ainda se diz a gaja directora de um jornal. O Miguel anda cego pra gastar dinheiro na folha da JP

De Orlando a 29.04.2014 às 18:01

O dinheiro público pago e ou a pagar pelos nossos impostos, pois até estamos na ultima semana de pagamento da 1.ª prestação do famigerado IMI, que à redução do mesmo proposta pelo executivo de Miguel Alves estes empreendedores do PSD não votaram favoravelmente, temos as sementes, os franguinhos, os patinhos, os porcinos e etc.
Estou em crer que no etc é que está o busílis; no entanto, este executivo não pode passar os dias a lembrar-nos que isto está como está pois isto já era de esperar. Só não eram nem iriam ser conhecidos os números/montantes envolvidos.
Seria só do conhecimento de alguns, se o eleitorado não estivesse a desconfiar de tanta fartura.
Caminha é um pequeno município, sem indústria e quase sem comércio e pelos vistos os agricultores e pecuários estão a acabar, pois não têm o Vereador Flamiano no poder para dar continuidade ao programa "SEMEAR PARA COLHER", pois ele semear semeou com o nosso dinheiro, mas não colheu os votos suficientes para dar continuidade a estes incentivos que pelos visto eram bem distribuídos, pelos ditos responsáveis.
Isto foi festas, viagens, mordomias e agora é como se vai vendo e este executivo relatando 24 horas por dia.
Temos no território do Continente 308 municípios.
Temos a Assembleia da República, grupos parlamentares, governo, com ministérios, secretarias de estado, grupos de trabalho, etc.
Direções nacionais, regionais, de tudo e mais alguma coisa, fundações, juntas de freguesia para o atestado, a certidão, a declaração, a queixa, o encaminhamento do pedido, o cabaz, a comemoração, a festa, a exposição, o cortejo e tudo quanto a vossa imaginação alcance.
Sabemos que a democracia tem um preço, mas porventura poderia e deveria ser mais baixo.

De Lúcido a 28.04.2014 às 11:09

Deviam obrigar esse senhor a fazer um arroz de cabidela com os galos e servi-lo na praça pública! Será que também teve direito ao porco? Ou será que já foi consumido durante a campanha eleitoral num espeto qualquer.

De Anónimo a 28.04.2014 às 11:05

Será que este pobre coitado também esta a beneficiar de outros apoios sociais da Câmara ou das IPSS? Estou a ficar preocupado. Se este homem precisa dos frangos pagos por todos nós para sustentar a família, não sei o que mais nos espera. Isto é realmente caricato! e ainda por cima tem a lata de assumir!

De Maria a 26.04.2014 às 19:26

Realmente esse Manuel Marques não tem vergonha!! Diz-se agricultor nas horas vagas...mas ele é professor aposentado tem uma pensão que apesar, dos cortes feitos pelo governo que ele apoia com tanto vigor, ainda lhe permite ir à feira e comprar pintos para criar ou será que assim os pintos vão sair melhores'...pois claro os galos que ainda tem com tanto orgulho na capoeira vão saber a pato!!
e os patos somos nós contribuintes do concelho que além d etermos pago os porcos e as sementes ainda pagamos os galos do Sr. Marques!!
Não tem vergonha de ter passado ou certificado, não sei como funcionava o processo, declarações de pobreza para quem como ele foi buscar os suinos que criou e comeu e que para alguns também souberam a pato??
TENHA VERGONHA e DEMITA-SE de vereador, cargo para o qual nem sequer foi eleito!!

De Luciano a 26.04.2014 às 01:31

Vergonha. O Marques devia seguir o caminho do Patrício, mas antes de cair de podre. Rua com os chulos que mamam a nossa custa e ainda se vangloriam. Que se passa. Esta senil? Não bastava encher a mula, ainda foi para a câmara dizer que andou a comer a custa do erário publico?

De Léo a 26.04.2014 às 00:31

Eu ca acho que também ha animais desses nas capoeiras do Flamiano e da Júlia Paula. O Patrício dedicava-se a caca mais grossa.
Nem os bichos escaparam, foi um ver se te avias.
Acredito que a história principal desta grande bicharada ainda esta por contar. Aguardemos.

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D