Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Novo percalço no controverso processo de organização do Festival de Vilar de Mouros deste ano, com a saída de Álvaro Covões e da empresa "Everything is New" da co-produção do evento aprazado para finais de Julho (30/Julho-2/Agosto).

 

A um mês da realização do evento, a Associação dos Amigos dos Autistas (AMA), responsável máxima pela tentativa de reerguer o Festival após sete anos de interregno, foi obrigada a encontrar um novo parceiro a fim de apresentar uma programação que tarda em ser divulgada.

 

Segundo apurámos, foi contratada uma empresa inglesa para suprir a saída da "Everything is New", esperando-se o anúncio do programa para dentro de alguns dias, uma vez que é intenção da AMA e Câmara de Caminha manter o evento.

 

Recorde-se que a 2 de Abril deste ano, a anunciada apresentação de bandas, realizada em Lisboa, se saldou apenas pelo anúncio dos Xutos e Pontapés, José Cid, Trabalhadores do Comércio e Capitão Fausto, sendo prometido para os dias seguintes o anúncio de mais conjuntos, nomeadamente estrangeiros.

 

Contudo, o tempo foi passando sem que fosse cumprido o prometido nessa conferência de imprensa de Lisboa, avolumando-se os receios de que algo de errado se estaria a passar.

 

Quase três meses depois, sabe-se que Álvaro Covões bateu com a porta, obrigando a que fosse encontrada uma alternativa, face à incapacidade da AMA em levar por diante um projecto que Marco Reis classificou como "um dos maiores eventos de economia social, pela escala que tem, pelo que envolve e, sobretudo pelo seu fim".

 

Longe vão os tempos de "certezas eleitorais" em que que o protocolo assinado por Marco Reis e Flamiano Martins, em representação da AMA e Câmara de Caminha, em meados de Agosto de 2013, a meio do espectáculo dado pela Áurea no Largo do Casal, no coração do Festival, causou forte contestação, ao ser acusado esse acto inusitado, de oportunismo eleitoral.

 

Miguel Alves, presidente do município caminhense, contactado pelo C@2000, escusou-se a comentar a situação decorrente da saída de Álvaro Covões, confirmando apenas a realização do evento para as datas previstas.

 

Prevêem-se para breve novos desenvolvimentos deste conturbado regresso do Festival de Vilar de Mouros.

 

Texto publicado no semanário caminha2000

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10


39 comentários

De atento a 09.07.2014 às 18:01

Quem foi ver a Teresa Salgueiro ao Forte da Lagarteira? Parece que o executivo anda de costas voltadas, presidente aparece com a mulher namorado acompanhado do Pinto, Lagido num canto e Teixeira nem deu as caras. É caso pá dizer gestão de Júlia Paula tem obra, gestão de Miguel Alves tem cultura! será que o adjunto imagina que a cultura tem um preço, custa caro aos cofres do Município e cultura sem publicidade é igual a nada! Este gajo vai por a Câmara de tanga, um concerto MT porreiro com meia dúzia de gatos no forte! Á desculpa foi o frio!

De E para quem se interessa pela música a 09.07.2014 às 17:34

"Está fechado o cartaz da edição que traz de volta o mais histórico dos festivais de Portugal, Vilar de Mouros, que se realiza entre 30 de Julho e 2 de Agosto de 2014.
A somar aos nomes já divulgados, Blind Zero, Capitão Fausto, Deolinda, Guano Apes, José Cid, The Stranglers, Trabalhadores do Comércio e Xutos e Pontapés, são agora anunciadas as mais recentes, e definitivas, confirmações: Blasted Mechanism, La Union, Pedro Abrunhosa, Tricky e UB40’s Ali Campbell, Astro and Mickey Virtue.
Para além das suas já conhecidas vertentes, musical, natural e histórica, o Festival Vilar de Mouros, neste seu regresso após um interregno de sete anos, apresenta-se igualmente como o primeiro grande evento de Economia Social, organizado exclusivamente por uma Instituição Particular de Solidariedade Social, a Fundação AMA Autismo.
O Festival Vilar de Mouros VOLTOU e faz história ao contribuir para que a música preste o seu tributo a uma causa social.
MAIS SURPRESAS EM BREVE!
MÚSICA + NATUREZA + HISTÓRIA + SOLIDARIEDADE SOCIAL
CARTAZ

31 de Julho
UB40’s Ali Campbell, Astro and Mickey Virtue
LA UNION
BLIND ZERO
TRABALHADORES DO COMÉRCIO
CAPITÃO FAUSTO

1 de Agosto
PEDRO ABRUNHOSA
THE STRANGLERS
BLASTED MECHANISM
JOSÉ CID

2 de Agosto
GUANO APES
XUTOS E PONTAPÉS
TRICKY
DEOLINDA"

De VPA a 06.07.2014 às 20:24

Mas que fizeram os funcionários agora perseguidos pela sede de vingança de um Mestrado sem tese defendida? Esses nada fizeram.. Vinguem-se em quem lhes fez mal (algo que nunca deveria de ter acontecido) mas nunca em pessoas que não tem nada haver com o que aconteceu no passado.. O \"Mestre\" deveria era estar preocupado com quem pagou lugar para estar nas viagens a terra nova e não consegue pagar sequer o lucro pois ta a ser um fiasco.. Quiseram acabar com a festa do mar mas como correu mal lá a tiveram de fazer mais pequena pois tinha muitos custos mas na verdade tiveram a infra-estrutura lá montada o mesmo tempo (uma infra-estrutura mais cara) tiveram mais custos do que tinha a festa da sardinha com a semana de duração e ainda por cima além de cobrarem mais pela presença com stands no evento tiveram o espaço menos tempo aberto o que impediu quem lá investiu de ganhar dinheiro.. Com este tipo de erros é que o \"Mestre\" devia estar preocupado e não a procurar vinganças contra quem não lhe fez mal pois quem lhe fez mal já lá não esta!! Deixem as pessoas trabalhar em paz pois independentemente da cor política todos trabalham para o bem do concelho.

De jagunço a 09.07.2014 às 12:20

deves estar a brincar só podes!!!! nem tao pouco sabes daquilo que falas!!! porque é que a festa da sardinha ou qualquer evento organizado pelo municipio teria que ser entregue a uma empresa privada?tendo o municipio pessoas competentes para organizar qualquer evento!!! e mais há que os por a trabalhar para nao ganhar omerródias,passam muito tempo sentados e o país precisa urgentemente de produtividade!!! por isso agora poupa-se muito miles ao hierario publico!!! as perseguiçoes nao foram só a funcionários é bom que o povo seja bem esclarecido e nao entre nas vossas cantigas!!! houve muitos particulares que foram igualmente perseguidos e muito!!! infelizmente só muito poucos deram a cara porque tinham medo de mais represálias!!por isso voces nao tem nenhum moral para falar em perseguiçoes!! mas há muito mais as liçencas de esplanada e publicidade nao eram pra todos!! os do regime nunca pagaram liçenças!! porque?? o melhor era estarem caladinhos porque lucianos,taxas, e mais alguns sao os bota abaixo do conçelho!! eles esfregam as maos quando as coisas eventualmente nao correm tao bem que felizmente nao tem sido o caso!!! sois todos uns artistas de cinema....bem a imagen dessa tal paula!!! bagunçada é o vosso forte!!!j

De Busto a 06.07.2014 às 10:59

A verdade e que anda muita gente a boa vida. O que Faz a Tomasia? Cura as banhas so se for. E o Cristi? Um inútil dado a sua inutilidade. O problema e que mamam pela medida grande e do bolso de todos nos. Essa e que e essa. A pouca vergonha continua. ACepa ainda levou mais 15 mil e por aí adiante. Não se percebe esta gente. Depois atrapalham tudo. Vamos ver o Festival tirado a ferros, mas isso valha a verdade deve-se a organização, uma associação de deficientes, so podia dar nisto. Tenho todo o respeito por todas as pessoa, mas para organizar festivais, so podia tresando de uma cabeça ensandecida a ideia. Valia tudo e agora pagamos a factura.

De fortuna a 06.07.2014 às 21:59

A Paula Dias faz o que sempres fez: conversa de gabinete em gabinete. A Tomasia Cunha pensa que ainda é secretária. O Marcos Christi nao faz nada..... e se quiserem saber mais é só perguntarem.

De VPA a 04.07.2014 às 22:02

O Sr. presidente que tanto falou na unidade de queimados se não abre os olhos e mete um travão no seu adjunto, aquele que esta indicado como mestrado mas ainda não defendeu a tese por isso não passa de licenciado, aquele um tal de Pinto, vai transformar a câmara numa unidade de tetraplégicos!! A vergonha já correr pelas ruas e café do município, existem desgraçados a estar sentados em cadeiras da escola primária, mas atenção que agora tudo isso é normal.. Esse senhor adjunto é um pobre coitado de espírito e uma vergonha para o município.. Alguém que se vinga do que outros lhe fizeram em pessoas que nada tiveram haver com o que se passou só porque tem uma ideologia diferente da dele é sem sombra de dúvidas inserir de mau íntimo e um asco de pessoa.. Deixem as pessoas trabalhar com condições e sem vinganças pois nada tem haver com o que se passou e porque este tipo de situações so prejudica o município e seus munícipes..

De patife a 05.07.2014 às 13:14

caral....!!! mas quem caral... encetou perseguiçoes no concelho de caminha????odios,osga ás pessoas que eram de cores diferentes mas que eram funcionários de excelencia!!! quem foi quem foi???? me cago na ostia!!!! essa tal paula esse tal silva coadjuvados por a peixeira que trazia a informaçao e icendiáva!!!! ou já te esqueces-te disso??? tendes memória curta para aquilo que nao vos interessa!!! nao há memoria de perseguiçao em todas as autarquias do país como em caminha!!! por isso agora alguns estao a colher aquilo que semeáram!! eram os melhores do mundo andavam todos cheios de peito e cagada por pensavam que estaria tudo controlado mas saiu tudo furado!!! agora que aguentem como muitos no passado aguentaram!!! joao pinto, ausina,mario rebelo,jorge,adelia!! entao o ausina era o maior filha da p... na boca dos ppds o mafioso dos empreiteiros, mas tinham lá um bem pior do que ele de nome nuno mais conheçido por abóbadilhas!!! calem~-se car..... olhem pa merda que fizeram!! por isso natividades,castros que nao lhe cabia um feijao no cu parecia que batia em toda a gente,paulinhas dias,deusas e toda a merda que para lá entrou aproveitam-se meia duzia deles que seroa bons funcionários de resto os outros sao todos funcionarios do psd!! ponto final!!mais explicaçoes se fizer falta as darei!!!

De Judite a 04.07.2014 às 18:57

Gosto destes comentários sobretudo dos da Malta da Juju e Silva Lda. Vocês não perceberam que cada alfinetada e mais um prego no vosso caixão? Olhem como o Isaltino saiu mais esbelto da choldra. Ficam bem oh se ficam e da maneira que não gastar a banha que mamaram nos sacos azuis. Venha mais, digam lá coisas

De Dragon a 04.07.2014 às 17:43

Nestes comentários vê-se que a coisa mexe. O Miguel e a equipa incomodam muita gente, que dor de corno, parece impossível. Vamos ver quem ri no fim!

De Lita a 04.07.2014 às 17:25

Vocês acabaram com o Festival. São uns cobardes que se escondem para tentar denegrir quem está a fazer tudo para reconquistar o Festival. Metem nojo de tanta ordinárice. Ainda vão engolir o próprio veneno.

De Anónimo a 02.07.2014 às 14:15

A oposição continua a achar que os Caminhenses não têm cérebro. Alguém faz obra em 8 meses? Muito menos com o que encontraram, um conjunto de funcionários a servir o PSD e a remar contra a maré e um cofre vazio. Realmente o Miguel precisava de queimar o anterior executivo! Treta. O povo já o julgou e tirou-o do poder. Se tivesse dinheiro não quereria mostrar obra? Acham que perdia tempo com vocês? Ele é político profissional. Vocês precisam de ir para a universidade de verão. Vejam o canal parlamento e aprendam a intervir politicamente. Brejeirice funcionava no passado. Tudo mudou meus caros. Queremos a oposição a intervir como o executivo: SEM PAPEL. Taxa sem papel, Lilita sem papel, Marques sem papel, Flamiano sem papel. Se são profissionais não precisam que lhes escrevam. Até porque a Júlia e o Eduardo podem não estar sempre disponíveis. Vá lá... Vocês conseguem! Amadores :)

De Funcionária a 03.07.2014 às 19:40

Lá está a Rosa Sampoio a aproveitar as horas de serviço para coçar a ceculite e por posts a favor do presidente e de seguida deve lá ir mostar o serviço feito para mostar serviço. não tem vergonha a rapariga.

De Verdade a 02.07.2014 às 13:59

Meu Deus, o PSD está completamente desgovernado e nervoso. Tanta conversa que até dá vomitos. Não conseguem escrever uns comunicados mais sucintos. Em política não se podem descontrolar assim. É preciso pouco e eficaz. Ah, esqueci-me que não são políticos, que não estão a defender o povo, estão é roídos de raiva porque perderam o taxo. Daí tanta aflição. Todos se riem porque quando acabam de ler já nem sabem o que queriam dizer no início. Estão nervosos? Peçam ao Taxa que ele receita calmantes. Aquilo não são cominicados, são um exercício à paciência dos Caminhenses. Tenham calma... Isto ainda nem começou! Não querem que se fale do passado, claro! O passado é da vossa responsabilidade. O Miguel não vai já a eleições. Tem apenas 8 meses de mandato. Querem que vos lembre o que fizeram no vosso primeiro ano? Sosseguem, o concelho não vai acabar. Custa não custa? Só custa porque estavam agarrados ao poder. Se entendessem como uma passagem, estariam agora a fazer oposição construtiva e não o bota abaixo. Os Caminhenses já vos provaram que não dormem e sabem julgar. E não ganharam por 300 votos, meus caros vocês é que perderam por muitos mais. Lembrem-se do número de votos que perderam. Concentrem-se nos que perderam e não nos que o Miguel ganhou. Ele começou do nada, vocês tinham tudo para ganhar, até porcos! Essa é a verdade!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2014

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D