Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Inspectores da Polícia Judiciária de Braga, encarregados do caso "Caput Mini", estiveram no início da semana em Caminha, para ouvir pelo menos uma testemunha, no âmbito da investigação que tem por alvo a Câmara Municipal e a gestão de Júlia Paula.

As declarações da testemunha, Rosa Sampaio, professora universitária e antiga colaboradora da Câmara de Caminha, foram prestadas nas instalações da GNR de Caminha, na manhã da passada terça-feira.

A conversa durou toda a manhã e insere-se no âmbito da recolha de testemunhos, que a PJ de Braga iniciou há mais de um ano, em locais diversos, e que vai intercalando com outras diligências, algumas delas já noticiadas pela comunicação social. Sabe-se também que outras testemunhas foram ouvidas, por exemplo, nas instalações da GNR de Viana do Castelo e na própria sede da PJ.

Sobre a diligência de terça-feira, a antiga colaboradora da Câmara foi notificada e prestou depoimento na qualidade de testemunha, no caso da investigação "Caput Mini" e não quis revelar o teor da conversa à comunicação social "por respeito à Polícia Judiciária e para não perturbar a investigação".

Entretanto, a presidente da Câmara Júlia Paula Costa desdobra-se em contactos com a comunicação social, nomeadamente as televisões, para dar conta do seu mais recente projecto, que visa vender apartamentos e moradias a investidores brasileiros.

Noutra frente, Flamiano Martins, seu vice-presidente e candidato do PSD no próximo acto eleitoral, defende a navegabilidade do Rio Minho até Monção, para receber barcos de cruzeiro fluvial idênticos aos do Rio Douro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


20 comentários

De Águia a 08.02.2013 às 14:13

A PJ andou e anda a ouvir testemunhas. Para a semana está aí outra vez.

De Bernardino a 05.02.2013 às 22:36

Se bem me lembro, a ex-assessora mandou uma cartinha à PJ depois da Assembleia Municipal do teatro. Pimba. Cá está o resultado. A PJ esfregou as mãos e chamou-a a depor. Gosto da notícia e sobretudo do que está nas entrelinhas.
Será que o jornalista sabe mais do que escreveu.
Aí vai uma ajudinha: A PJ, nessa semana, veio cá mais de uma vez e fez mais diligências. Oh se fez. Uma dica: “visitou” (como eles gostam de dizer na Câmara) uma obra milionária do Armindo Afonso. Que obra será?

De AP a 06.02.2013 às 14:24

Diga lá, que eu não sei.

De Torcato a 06.02.2013 às 22:29

Eu diria que é lá para Vilarelho e o Patrício mais o Melro e o careca que tem nome de santo mas de santo não tem nada estão enterrados até à medula.

De Bernardino a 07.02.2013 às 18:39

Touché!

De Red Baron a 05.02.2013 às 20:19

Enquanto decorria o funeral do Deputado Municipal, Fernando Lima, a presidente da Câmara participava num programa de entretenimento da RTP1, a cantar e a arrotar postas de pescada.
Ao contrário dela, a maioria dos Presidentes de Câmara do Alto Minho estiveram presentes no funeral em representação dos seus municípios.
Vejam o desempenho dela a partir do minuto 18 do video
http://www.rtp.pt/play/p1058/e107001/portugal-no-coracao-ii

De Joaquim a 05.02.2013 às 22:28

Mas vocês ainda não perceberam que a câmara de Caminha está à deriva. Só serve para tachos e para ir buscar ordenados e mordomias.
A gaja foi passear, claro está. Desta vez até foi só para Lisboa, é mais perto e mais barato que o Brasil. Parece que agora a seguir vai para a América. Ora toma.
Sensibilidade é igual à dos crocodilos. Não ia deixar de cantar com a família só porque tinha atribuições na câmara. Isso é passatempo. Devem estar a praticar para fazer um coro em Custóias. Eu cá acho que o artolas do Flamiano e o chico-esperto do Patrício também vão cantar nesse coro.

De Julião a 06.02.2013 às 23:26

Há muito que perderam a vergonha. Agora já nada resta. Os caminhenses têm a palavra. Se querem continuar ou não com a mesma receita. Parece que o filho da Júlia Paula quer entrar para a política - leia-se - câmara. Andam à guerra com a lista, é que não cabem os filhos e os parentes todos na vereação. O João Silva quer pôr a filha e o brasileiro quer pôr o filho. Já são três filhos, O Patrício quer proteger a família e é disto que a casa gasta. É mau demais.

De MM a 07.02.2013 às 12:43

Nem tenho coragem de ver. É uma hipócrita que chora lágrimas de crocodilo por todo o lado e mente com todos os dentes. O nosso concelho caiu no descrédito, anda pelas bocas do mundo pelos piores motivos e esta gaja não pára de nos envergonhar.
Quer à força meter o Zé das Vacas no poleiro, mas ele é tão fracote que nem os recados dela sabe fazer. Que tristeza.

De Lopes a 05.02.2013 às 19:48

Esta gente faz dos Caminhenses parvos. Vender apartamentos aos brasileiros é a mesma coisa que vender areia aos árabes. Até parece que temos um clima melhor que no Brasil ou praias melhores. Tinha sentido se procurasse promover o imobiliario nos paises do norte da Europa que não tem praias nem sol. No Brasil é para justificar as idas e vindas dela, da família e dos amigos.

De leila a 05.02.2013 às 11:24

Um dia a casa cai mesmo.... já falta pouco.
Os buracos já são crateras e a doutora fala bem....

De Joca a 05.02.2013 às 10:13

Hum.... toda a manhã é muito tempo!
EU li a notícia original e até fui ver ao dicionário. A testemunha diz que os inspectores da PJ são "afáveis e educados". Então correu bem. Gostava de assistir quando forem ouvir a Julinha, o Flamiano, o Patrício e o Paulinho da Viola, sem falar no senhor silva e no gajo de Barcelos.
Não acredito que eles sejam da mesma opinião da doutora.

De dragon a 05.02.2013 às 09:47

A coisa está a ferver. A Júlia Paula tem de responder a muitas perguntas mas há duas que são essenciais:
Quantas casas já vendeu e quanto recebeu de comissão.
A desgraçada anda numa roda viva para limpar a imagem. Com a cunha do insuspeito Relvas agora anda A CANTAR NA RTP. ISTO À HORA EM QUE DEVIA ESTAR A CUMPRIR O DEVER DE AUTARCA (função para a qual é paga e bem paga). ONTEM À TARDE DEVIA ESTAR A REPRESENTAR A CÂMARA NO FUNERAL DE UM DEPUTADO MUNICIPAL, O SENHOR FERNANDO LIMA. Estava a cantar a ordinária, com o marido e o filho – olha que trio de desgraça. Do BPN às contas da Câmara é tudo um mimo.
Esta mulher mostrou mais uma vez o que é. Mandou ao enterro o outro desgraçado, o pau mandado que quer ser presidente quando for grande, mas assim nunca mais cresce. Parecia um rato, a esconder-se de toda a gente.
A Judiciária só está a falhar numa coisa: já deviam estar todos na cadeia.

De Aguia a 05.02.2013 às 18:25

Grande ordinária. E ainda por cima foi no carro da câmara, à mama, com a família. O Flamiano é cúmplice dessa ordinarice. Ele entrou a meio da missa, pela porta da Sacristia. É o cúmulo da falta de respeito.
Ela andou a rodear a família, a dizer que fez tudo para ajudar a acelerar as coisas e depois foi passear para Lisboa, cantar.
Os Caminhenses ou são parvos e tão bons como eles ou acabam com isto.
Nem é preciso contar com a PJ.


De gunu a 09.02.2013 às 21:49

Boa noite,

Resolvi vir a este blog, pq tinham-me falado dele e fiquei escandalizado, com a ignorancia e falta de honestidade.
A presidente foi a um programa de televisão falar sobre o conselho de Caminha e representar todos os munícipes. Ainda não perceberam o que é divulgar uma localidade? Depois estas participações nos programas de televisão não é de hoje para amanhã, acarreta um trabalho durante vário tempo e estas oportunidades não ocorrem todos os dias. A presidente não é como os participantes deste blog, tem coração e sensibilidade, e não só politiquices, se não acreditam perguntem à família do Sr. Lima se ela não se disponibilizou de imediato para tentar ultrapassar todos os obstáculos que o falecimento lhes trouxe e estavam vossês a dormir e a presidente preocupada com todas as bucracias que um momento destes exige.
Com respeito ao Flamiano, quando falarem saibam o que dizem, ele chegou mais tarde pq antes tb esteve noutro funeral. Com todo o respeito que tenho pela família do falecido, o Sr. Lima não era mais nem menos do que as outras pessoas, além de ter sido uma pessoa com destaque no nosso concelho o que é mesmo importante é respeitar as pessoas em vida e isso parece que não é o que os senhores(as) sabem fazer.

De Visionário a 10.02.2013 às 01:26

Somos realmente muito ignorantes!!!

A Júlia Paula foi vender um conjunto de mentiras sobre as suas idas ao Brasil. O programa de TV serve apenas para promoção pessoal e o Sr. Lima não era uma pessoa que pudesse ser trocado por um programa de televisão, fico ainda mais ignorante quando vejo que este executivo priveligia uma série de crimes públicos sem precedente no concelho de Caminha, o retorno financeiro e de empregabilidade da Julia paula é unicamente para os filhos e amigos dos que a acompanham. A sua conversa Sra.gunu ou juju não sei bem, não bate lá muito certo, está a tentar defender o que é uma irresponsabilidade total, pois certamente existem pessoas com responsabilidades e agendas muito mais importantes que a ida a um programa de TV e colocaram o que moralmente é correto acima de interesses pessoais. Insultar a nossa ignorância com representação de Caminha ou é anedota ou é para ignorantes que estão num nível muito abaixo dos participantes no blogue. Pois certamente prefiro ser muito ignorante, mas não lesar os contribuintes de Caminha, criar uma rede de perseguição politica, tirar proveitos pessoais através de dinheiro público entre dezenas de situações que já foram referidas e que certamente a juju conhece ao promenor os critérios todos de negociata.
É lamentavel o comportamento de alguns seres vivos como o caso do ser Júlia Paula, é ainda mais triste não conhecer o património do seu concelho, mas enfim deve ter mais conhecimentos das ruas de Alfama e das casas de fado, afinal só está cá de passagem com viajem marcada para o Rio quando passar a arguida de gestão danosa e peculato. Eu cá prefiro ser continuar ignorante!!
Para que fique bem claro, não me identifico com nenhuma cor politica, mas sou contra todos os chulos que existem neste concelho, que por acaso são muitos e de todas as cores, mas como esta última fornada não existiu nos ultimos 30 anos.
Quanto ao flamiano é um trabalhador mas sem perfil para Presidente, só de imaginar até dá medo!!! Dúvido que cheguem às eleições, deverão estar ocupados com as defesas nos tribunais!

De Lurdes a 10.02.2013 às 13:45

Continua a querer vender banha da cobra. Não colhe. O programa em questão não foi de emissão única. Haverá outros e outras oportunidades. A produção entenderia a alteração. Lembro que a presidente da Câmara não foi com nenhum grupo do concelho actuar: foi com o marido e o filho dizer baboseiras e autopromover-se, tentando fazer dos Caminhenses parvos.
Ela ainda é presidente, apesar de deixar tudo que é responsabilidade de assinatura para o imbecil do Flamiano se atravessar - a ele vai-lhe cair tanta coisa em cima que nem vai saber para onde se virar.
O ridículo é total. Ela continua a receber ordenados, ajudas de custo, fundos permanentes, despesas etc. Para ir a Lisboa no carro cinzento metalizado da Câmara (com a família) ganhou ajudas de custo. Sabem disso?
Tinha obrigações. Disse à família do Lima que ia fazer com que autópsia fosse mais rápida, no fim-de-semana, quando sabia que o serviço está encerrado nesse período. È uma intrujona como nunca vimos antes.
Quanto ao palhaço do Flamiano, devia ter chegado a horas e não fazer aquela figura triste. Não tinha de correr os enterros todos a fazer campanha eleitoral. Assim ficou - como já é costume - mal na fotografia.
Quanto mais fala mais se enterra. Tenha vergonha.

De Lili a 05.02.2013 às 22:29

São umas bestas. Não há palavras.

De Jonas a 06.02.2013 às 22:24

Eu acho que isto não é só insensibilidade e hipocrisia. É doença e da grossa.
A imagem do rato remelento já me parece bem. É que o desgraçado não sabia onde havia de se meter, com aquele sorriso amarelo e o ar culpado.
O Paulinho da viola parecia um periscópio, de pescoço esticado, para tomar conta dos pormenores para depois fazer o relatório à fadista. É outro coitado.

De tricas a 03.02.2013 às 21:14

Era só ver as boquinhas que a Julia Paula fazia para as câmaras de televisão o ar inocente e de anjinho cheguei a pensar que ela se ia dedicar à venda imobiliária mas(até podia ser cunha que o Mário Patricio meteu aos "castros" ela vendia porque para vendedeira tem jeito e as comissões eram a meias) mas logo percebi que aquele ar de anjinho era para lhe perdoarem as viagens de avião para o brasil, à custa da câmara, para ver o filho e depois vem para a televisão atirar serradura para os olhos(mas já nem aos cegos ela os tapa) com a venda de casas no fim disto tudo a câmara paga as viagens e os palermas dos construtores ainda lhe vão dar comissão.
È tudo lucro!!!!!!
Ao Flamiano aconselho-o a ir aprender a nadar antes de ir ao fundo, porque à deriva já ele anda!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D