Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais uma “obra de Santa Ingrácia”

por pubicodigital, em 28.12.12

A conclusão da revisão do Plano Director Municipal (PDM) de Caminha ainda não tem fim à vista. O Governo anunciou o fim da Reserva Ecológica Nacional (REN) e em resposta a uma deputada municipal do PSD, Júlia Paula Costa, que trazia a resposta preparada, deu conta que já tinha sido feito o "diagnóstico" e contam entregar a "Reserva Agrícola bruta" até final do ano, tal como já teriam feito em relação à REN "bruta" (espaços de exclusão), cuja documentação fora enviada em finais de Novembro. Adiantou ainda que estão a cumprir com a legislação transitória de acordo com as directrizes da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, no que à REN se refere.

Segundo a Presidente da Câmara, as reuniões a propósito da REN e RAN poderão "desenvolver-se até Abril/Maio", seguindo-se uma reunião com a comissão de acompanhamento (composta por 20 entidades) a fim de serem apresentadas as "condicionantes" já referidas (REN, RAN, Zona Florestal, Rede Natura, zonas de protecção especial) "devidamente ultimadas", acrescentou.

Alertou também que terão de cingir-se ao que a legislação prevê, pelo que a expectativa de ter terminado PDM no final deste ano já se desvaneceu, não sendo expectável que se entre num período de discussão pública do PDM (com uma equipa avençada há anos para a sua elaboração) em ano de eleições autárquicas.

A revisão do PDM de Caminha desenvolve-se há cerca de dez anos, com custos apreciáveis para o município e com o desconforto da indefinição das linhas mestras do ordenamento do território, propiciando um clima de suspeição quanto às possíveis alterações e (des)favorecimento de certas zonas ou actividades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51


12 comentários

De Urbano a 31.12.2012 às 17:30

Estão a preparar mais uma caldeirada !O grande especialista do PDM deve ser o Sr.Silva assessorado pelo Marques sendo este ajudado pelo iluminado do Castro ! Tudo gente (?) dotada de grande sensibilidade artística cultural,urbanistica etc ...(É só parolos convencidos!) Tudo pára-quedistas !

De caminhense a 08.03.2013 às 23:25

De Urbano a 31.12.2012 às 17:30
iluminado do Castro
Como caminhense ouço elogios ao Encarregado da Câmara que substituiu um outro encarregado que não deixou saudades...o Senhor Fiuza! E até acredito na boa vontade que aquele encarregado da Câmara ao tempo do PS quizesse fazer alguma coisa, mas não tinha meios e os funcionarios andavam com o balde às costas, ao contrário de hoje, que têm condições de trabalho. O Castro é falado aqui em Caminha como sendo um trabalhador que honra o municipio e é elogiado pelos cidadãos em geral pelas iniciativas visiveis em cada canto de Vila Praia de Ancora. Talvez o autor deste Post não conheça Vila Praia de Ancora, acredito, se assim for faça uma visita e se tiver fotos até 2001 compare a imagem daquela Vila e depois faça justiça. Os trabalhadores do municipio afectos a Vila Praia de Ancora merecem esse reconhecimento,

De MM a 30.12.2012 às 19:38

Esta é a câmara da trapalhada. E ainda querem lá ficar com aquele palhaço do Flamiano, que nem falar sabe.
Agora dizem que é um "pau mandado" mas é trabalhador. Ah sim? faz o quê? Só se vê porcaria, obras mal feitas, como as dos quartéis dos Bombeiros, etc.
O PDM será que prevê uma zona industrial como a que prometeram? Cambada de chulos que vão deixar este concelho na miséria.

De risos a 31.12.2012 às 17:14

Mas afinal ele é candidato a trolha ou á presidência ??Quem não tem ideias faz de arrumador de mesas nas festas da "SENHORA" para ser notado !!Esse individuo é ridículo !Nunca vi nenhum candidato tão desesperado e agarrado ao poder como ele ! Isto é preocupante .(Votei neles mas agora teria vergonha .Que bando de sem vergonha .Até os companheiros do partido em Ancora andam envergonhados !Já chega !Vão-se embora ! Já ! )

De Lilia a 01.01.2013 às 13:37

Olha a ideia não é má. Trolha parece-me bem. Se gosta de trabalhar como dizem????
Pensar pela própria cabeça não sabe, senão não andava a assinar tudo em nome da Câmara quando era a gaja que devia assumir as responsabilidades, porque também leva um chorudo ordenado. Em Dezembro foi um descalabro para ela e pata o pajem Marcos com as ajudas de custo das férias no Brasil - 15 dias de salário a dobrar.
O tolo do Flamiano até assina coisas nos corredores, é um crente.
Claro que as pessoas de Vila Praia de Âncora do PSD não são todas atrasadas mentais. Algumas são pessoas respeitáveis e de bom senso e já não podem mais com estes abusos e este escândalo permanente.
Vocês viram as notícias da semana? É soma e segue. Aquela novela da Teresa Amorim é de chorar. Chorar, leram bem, porque isto envergonha-nos a todos. Eu nem sou fã da ex-secretária, mas tenho de admitir que foi uma mulher valente, deu-lhes uma lição, embora sejamos nós todos a pagar mais esta factura.
Eles perseguem e brincam com as pessoas, obrigam os funcionários a pagar prendas, como os brincos de ouro que a JP levou pelo Natal. É dinheiro chorado, porque quando perguntamos: contribuíste? a resposta é sempre a mesma: Que remédio.
Vivemos nisto. Não vejo histórias destas noutros municípios, chegamos ao limite dos limites.

De Tiago a 29.12.2012 às 19:20

Os contratos com o Vítor Mogadouro também deviam ser escrutinados pela Polícia Judiciária. Isso e as movimentações de dinheiros....

De Leão a 30.12.2012 às 19:10

... não me digam que sobra alguma coisa para as campanhas eleitorais?

De Torcato a 30.12.2012 às 19:39

Será que esse gajo também anda metido nas negociatas do Brasil?

De UM FUNCIONÁRIO DA CM a 31.12.2012 às 00:46

Agora compreendo porque quando a PJ veio cá à Câmara mandou fotocopiar muitos cheques do BPN e outros documentos. Tudo se saberá. A Judiciária não dorme e a Justiça, embora lenta, mais cedo ou mais tarde dá sinais de vida ... Entretanto, correm rumores que a Juju quer pedir a demisão porque o seu cara-metade ficou sem o tacho do BIC ( ex-BPN ) pois é uma das agência a de Vila Praia de Âncora que vai fechar. O casalinho anda a ver a vida andar para trás. Estão a ver que a máma está a acabar-se. Todos fogem deles e até têm medo das próprias sombras. Mais dia menos dia aí temos novamente as televisões a assentar arraial em frente à porta da Câmara. O que vale é que a gente já está habituada...

De Julião a 01.01.2013 às 12:56

Não é bem assim, ele anda a negociar há muito uma indemnização e a tratar da reforma.
Ela já está reformada e "juntinhos" (com o BPN e a câmara como pano de fundo) juntaram lá longe...... uma saquinho muito azul.
Mesmo que a agencia de VPA não feche já eles têm um futuro dourado à espera, isto se tiverem tempo de voar para o hemisfério Sul. Não tenho a certeza se conseguem, mas o mais importante é que estes chulos se ponham a andar, porque o mamão ridículo que deixam como sucessor não tem pernas para andar. Nem falar sabe, é um grosseirão. Uma vergonha. Não é por acaso que lhe chamam Zé das Vacas.
Acabou a teta. Este é o ano da libertação para o concelho de Caminha. Não podemos morrer na praia, temos de sair deste lodo.

De Dragon a 29.12.2012 às 19:18

Em Caminha tudo são dificuldades. Noutros municípios já está tudo resolvido há muito tempo. Olhem, é o caso de Vila Nova de Cerveira.
Caminha parece que está sob mau olhado, ou será má gestão?

De Red Baron a 28.12.2012 às 18:17

Com a internazionalização das empresas de Caminha o melhor é prever uma zona franca.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D