Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma estreia com galo

por pubicodigital, em 25.04.14

Manuel Marques, o antigo presidente da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora, estreou-se esta semana no papel de vereador, na sequência da debandada entre os eleitos do PSD, despoletada pelo abandono de Mário Patrício. Adoptou um tom conciliador e, com as contas de 2013 a "escaldar", escusou-se a falar de números, mas entendeu elogiar algumas práticas do anterior Executivo, e sobretudo o polémico programa "Semear para colher": com surpreendente sinceridade e para espanto dos presentes declarou ter sido também pessoalmente beneficiado pelo programa, de que ainda lhe restam memórias vivas na capoeira: "neste momento ainda tenho lá dois valentes galos", confessou.

 

A espontaneidade de Manuel Marques deu a tónica mais tarde ao vice-presidente, Guilherme Lagido, para dizer que o colega vereador do PSD era o melhor exemplo de um mau programa, que beneficiou quem não devia ter beneficiado, porque Manuel Marques decididamente, não precisava da ajuda da Câmara para povoar a capoeira. Mesmo não considerando a trapalhada que tem vindo a público, sobretudo por causa da multiplicação de suínos ainda por explicar, Guilherme Lagido também condenou a estratégia assistencialista, defendendo um empreendedorismo mais ligado à lógica empresarial, à imagem de "dar a cana" e ensinar a pescar, em vez de fornecer o peixe.

 Recorde-se que Manuel Marques figurava em sétimo lugar na lista do PSD para a Câmara, tendo sido repescado devido às renúncias de Mário Patrício e Pedro Fernandes e, a crer nas palavras do novo vereador, também de Paulo Pereira, senão imediata daqui a um ano. É que Manuel Marques garantiu que não veio para ficar, pois a número seis, Vanda Pego (com o mandato suspenso), assumiria o lugar dentro de um ano.

 

Por enquanto e, na estreia nas novas funções, Manuel Marques dirigiu-se a Miguel Alves e declarou, em jeito de introdução à defesa do "Semear para colher": "não sei se sabe - eu sou agricultor nas minhas horas vagas". Informou depois que participou na elaboração e desenvolvimento do programa e confessou que até lhe custava fazer algumas perguntas a quem procurava o "visto" da Junta para levar para casa sementes, aves de capoeira ou suínos. Manuel Marques não escondeu ter feito "vista grossa" às condições do regulamento e defendeu que esse foi um bom programa, porque permitiu ajudar as pessoas a criar os seus animais - "eu também os criei, e quero dizer que também tenho lá a minha inscrição, porque o regulamento o permitia":

 

De resto, o programa ainda não está fechado e ainda há dias, conforme contámos, motivou acesa discussão na Câmara Municipal, com um fornecedor de Vila Verde a reclamar cerca de 2000 euros, por suínos que entregou em troca de vales, para além do contratado, mas, garante, com autorização de uma funcionária do Município.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D